Rota da Via de la Plata

A Associação

O A Rede de Cooperação das Cidades na Rota da Prata é uma associação voluntária constituída por cidades localizadas na chamada Via de la Plata e na sua área de influência, para ações conjuntas na defesa e promoção dos seus recursos turísticos, históricos, culturais e económicos.O principal objetivo prosseguido por esta associação é divulgar os recursos turísticos das populações que a compõem, ao mesmo tempo que revaloriza as muitas atrações que a Via de la Plata representa pela sua variedade e amplitude.

Esta associação tem personalidade jurídica plena e pública e está aberta à incorporação de novos membros.

A Rede de Cooperação das Cidades na Rota da Prata iniciou o seu percurso em abril de 1997 com a   assinatura, pelos   autarcas de Gijón, León, Zamora, Salamanca, Cáceres e Sevilha,dos estatutos que a regem.

Ao longo dos anos, diferentes locais foram acompanhados   no itinerário. Atualmente, os municípios de 28 municípios (ver listagem) e a Diputación de Cáceres fazem parte da Rede de Cooperação.

Asturias

Castilla y León

Extremadura

Andalucía

A Rota da Via de la Plata baseia-se num eixo de comunicação tradicional do Ocidente Espanhol. Hoje é um itinerário rico e variado, que tem várias cidades património mundial e representa um potencial cultural e turístico da primeira ordem na Península Ibérica e na União Europeia.

Este itinerário percorre 4 regiões e 7 províncias num eixo norte-sul de 800 km e mais de 100.000 km2, com fortes ligações com o vizinho Portugal. Oferece a possibilidade de utilizar de forma responsável um património cultural e natural muito importante.